Pesquisas e projetos 2018-08-28T09:39:14+00:00

PROJETOS

Título: “Reconstruyendo la vida en la frontera: asistencia y atención a migrantes en la Frontera Norte de México”, realizada com apoio da Adveniat, em Tijuana, fronteira entre México e Estados Unidos. Iniciada em 2017.

Status: Concluída pesquisa de campo. Relatório em fase de elaboração. 


Título: “Reconstruir a vida nas fronteiras: assistência e proteção a migrantes e refugiados”, realizada com apoio da Weltkirche, em Ressano Garcia, fronteira entre Moçambique e África do Sul. Iniciada em 2017.

Status: Concluída pesquisa de campo e relatório de pesquisa.

Publicação de artigo “Uma fronteira com fronteiras: notas de trabalho de campo na fronteira de Ressano Garcia, Moçambique” de Paulo Inglês, 2017 –  REMHU, Rev. Interdiscip. Mobil. Hum.,  Brasília ,  v. 25, n. 51, p. 199-204,  dez.  2017. Análises em curso.


Título: “Mobilità umana nel contesto ecclesiale italiano: sfide e opportunità, realizada em três dioceses italianas de Messina, Como e Trento, em parceria com a Fondazione Migrantes. Análises dos resultados parcialmente realizada, enquanto parte dos dados seguem em estudo. Realizada entre 2016 e 2017.

Status: Concluída pesquisa de campo e realizados eventos de restituição. Publicação de livro com parte dos resultados em parceria com a Fondazione Migrantes, em 2018: Incontro che trasforma. Sfide e opportunità della relazione tra Chiesa italiana e le migrazioniorganizado por Carmem Lussi. 


Título: “Herança da Igreja do Brasil levada para a Itália pelos emigrantes brasileiros, com atividades de campo entre as comunidades de brasileiros na Itália, em parceria com a Fondazione Migrantes. Realizada em 2017.

Status: Em andamento publicação de livro com resultados da pesquisa e outros textos, na Itália pela Fondazione Migrantes.


Título: Reintegração de retornados angolanos vindos  da República Democrática do Congo (RDC), na Província do Uige ao norte de Angola. Realizada entre 2015 e 2016.

Status: Relatório concluído,  parte dos resultados foram publicados no livro: “Angola é nossa Casa – Reintegração de retornados angolanos no Uíge vindos da República Democrática do Congo“, de Paulo Inglês, Editora CSEM e  artigo: “Credo, crédito e gênero: economia do afeto entre mulheres retornadas (notas de trabalho de campo com mulheres retornadas no Uíge, Angola, Julho de 2015) de Paulo Inglês, publicado na REMHU, Rev. Interdiscip. Mobil. Hum.,  Brasília ,  v. 23, n. 45, p. 311-316,  dez.  2015 . Estudos sobre os dados seguem em andamento.