Em 2017 o CSEM deu início a pesquisa “Reconstruindo a vida na fronteira: assistência e atenção a migrantes na fronteira Norte do México”, coordenada por Tuíla Botega e Delia Dutra, e que contou com o apoio da Adveniat. A investigação faz parte do programa “Reconstruindo a vida na fronteira: assistência e atenção a migrantes e refugiados”, que envolve estudos realizados nas fronteiras entre Angola e República Democrática do Congo, África do Sul e Moçambique e México/EUA.

Durante a pesquisa de campo, os pesquisadores Nathalia Vince e Igor B. Cunha passaram um mês na cidade de Tijuana – fronteira Norte do México. A fronteira terrestre do México com Estados Unidos é a que possui o maior fluxo de pessoas no mundo. A cidade faz parte do trajeto migratório de milhares de pessoas todos os anos e, por essa configuração de trânsito, possui diversos albergues.

Com o intuito de analisar as ações de acolhida às pessoas migrantes em Tijauna, os pesquisadores visitaram diversos albergues em Tijuana, e se enfocaram, especificamente, no Instituto Madre Assunta das Irmãs Scalabrinianas (primeiro albergue de atendimento a mulheres e crianças migrantes da região).

O Instituto foi fundado em 1994 e desde então são acolhidas migrantes, deportadas e solicitantes de refúgio e suas crianças. A casa oferece atendimento psicológico, jurídico e espiritual, atenção básica de alimentação e estadia, doação de vestimentas e brinquedos às crianças. A pesquisa se foca na atenção às mulheres e dá visibilidade ao trabalho humanitário.

No relatório final deste estudo ainda são apresentados dados sobre o perfil de mulheres e crianças migrantes recebidas no Instituto Madre Assunta entre os anos de 2015 e 2017.

Núcleo duro

As pesquisas do CSEM são guiadas por um núcleo duro que orienta o Programa de pesquisa de modo a enaltecer o protagonismo dos(as) migrantes e refugiados(as), sua atuação, capacidade de agência e potencial para influenciar e transformar os fatos e seus significados. O documento baseia-se na perspectiva dos Direitos Humanos e na promoção e defesa da vida e dignidade humana dos sujeitos em mobilidade.

 

Confira o relatório completo em inglês e em espanhol.

EN

ES