Delia Dutra
Brasília: CSEM; Sorocaba, SP: OJM, 2013

Estamos diante do resultado de uma pesquisa original que oferece a possibilidade de tratamento de fenômenos contemporâneos,se calcando metodologicamente em recortes originais. De um lado, tratar aspectos da migração intercontinental na América Latina que, apesar do seu recrudescimento nessas últimas décadas, ainda carece de estudos empíricos mais profundos, especialmente na América do Sul. De outro, o recorte de gênero no tratamento da problemática migratória no continente se somando a uma boa quantidade de estudos feministas que vêm se desenvolvendo em nossos países. Finalmente, o fico sobre uma das modalidades de manifestação de processos de mudança social em curso no continente, onde assume formas peculiares.

A partir de um grupo de mulheres peruanas, as quais moram em Brasília e trabalham em serviços domésticos, construiu-se uma problemática onde, através de pesquisa empírica, decodifica-se o cotidiano na cidade e os mecanismos de interação social ali existentes. A base de referência do objeto da pesquisa é, portanto, a imigração feminina. Uma temática relativamente ainda pouco trabalhada, mesmo se considerarmos a tradição de estudos migratórios na sociologia. Metodologicamente, a abordagem centra no que a autora denomina de espaço psicofísico: as motivações individuais, as relações familiares, a origem social e cultural, o grupo de referência, o status da profissão exercida, a experiência urbana no presente e passado e as relações sociais de gênero dentro e fora do núcleo familiar. Percebe-se que o universo dessas mulheres migrantes é tratado de forma totalizante, cobrindo diversas dimensões de vida e que, no conjunto, são elementos de uma identidade em processo de adaptação.

Download Ebook
Adquirir Livro