Migrações conteporâneas: desafios à vida, à cultura e à fé

Irmãs Missionárias Scalabrinianas (org.)
Brasília: CSEM, 2000.

Estas palavras de João Batista Scalabrini diante da questão emigratória que envolveu a Itália e outros países europeus há mais de um século, nos colocam na prospectivas do horizonte descortinado pelo Congresso Internacional “Migrações Contemporâneas, desafios à vida, à cultura e à fé” que foi promovido e realizado em outubro de 199 pela Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos Borromeo- Scalabrinianas, cujos temas aqui recompilamos.

Os conteúdos apresentados nesta obra evidenciam que o panorama atual dos movimentos migratórios, de pessoas e populações, resulta de um mundo fragmentado por grandes desigualdades materiais e sociais, vinculado a uma economia de mercado cega aos efeitos sociais de sua ação e surda aos clamores dos excluídos. Revela, por outro lado, que a mobilidade humana hodierna, multicultural, multiétnica e multirreligiosa, caracterizada por uma classe trabalhadora e pela participação crescente de mulheres e crianças na busca de sobrevivência. Abre novas vias como veias de sangue porque a violência sem fronteiras de sistemas vigentes lhes roubou o trabalho, a casa, o território e a identidade.

By | 2018-07-27T15:57:15+00:00 13 de julho de 2018|Comentários desativados em Migrações conteporâneas: desafios à vida, à cultura e à fé