A migração internacional é um fenômeno que faz parte da história da humanidade em diferentes modalidades e com distintos graus de intensidade. No contexto atual de diversificação dos locais de origem, de trânsito e de destino, os diferentes tipos de deslocamentos envolvem novas realidades e demandas que necessitam de respostas, muitas vezes, urgentes e desafiadoras. A migração contemporânea se apresenta cada vez mais complexa e dinâmica, o que nos permite falar um movimento de dimensões globais.

Nos últimos anos tem se observado um incremento dos deslocamentos não somente devido à assim chamada globalização – que implica em um incentivo aos fluxos de bens, capitais e serviços –, ao desenvolvimento e barateamento de tecnologias e meios de comunicação e de transporte, ou devido aos crescimentos demográficos desiguais em diversos países. Os conflitos armados, os eventos climáticos e desastres ambientais, as crescentes discriminações de grupos minoritários, a pobreza, a desigualdade e a falta de condições de trabalho decente estão entre as principais razões que levam pessoas a deixarem seus países de origem em busca de um futuro melhor para si e suas famílias.

É nesse contexto que o Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios – CSEM acaba de publicar uma versão atualizada do relatório MOBILIDADE HUMANA NOS PAÍSES COM PRESENÇA DE IRMÃS MISSIONÁRIAS DE SÃO CARLOS BORROMEO – SCALABRINIANASbuscando apresentar dados atuais sobre o cenário internacional da mobilidade humana, especialmente nos países em que atuam as Irmãs MSCS, a partir dos relatórios oficiais das Nações Unidas.

Clique aqui para acessar a publicação completa