O governo brasileiro concedeu 2.839 autorizações permanentes de trabalho a estrangeiros em 2014, de acordo com informações contidas balanço do trabalho estrangeiro. 

Atualizada até 31/12/2014.

Este relatório tem por objetivo apresentar os dados referentes às autorizações de trabalho concedidas para estrangeiros pela Coordenação Geral de Imigração do (CGIg) e pelo Conselho Nacional de Imigração (CNIg) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de 2014.

O governo brasileiro concedeu 2.839 autorizações permanentes de trabalho a estrangeiros em 2014, de acordo com informações contidas balanço do trabalho estrangeiro.

Desse total, 1.016 autorizações foram destinadas a investidores pessoa física. Para administradores, diretores, gerentes e executivos com poderes de gestão e concomitância a soma foi 1.728 e para outros 95.

Os italianos foram os estrangeiros que mais receberam autorização de trabalho permanente no país (456), os japoneses receberam (404) e os portugueses 319.  O principal destino foi: São Paulo (1.424), Rio de Janeiro436, Ceará 234, Bahia 119 e outros 626.

O maior número de autorizações temporárias foi concedido para trabalho a bordo de embarcação ou plataforma estrangeira 15.117; para estrangeiro na condição de artista ou desportista, sem vínculo empregatício 9.899.

Clique aqui para acessar o relatório