Nossas redes sociais

idi braAs ciências sociais desenvolveram amplamente o saber e o saber fazer, a consciência e a projetualidade sobre o tema das vulnerabilidades sociais, abrangendo todas ou ao menos muitas das realidades de pobreza, risco e exclusão, que desenvolvem ou fortificam formas de vulnerabilidade no Brasil. 

Carmem Lussi e Roberto Marinuci

 As ciências sociais desenvolveram amplamente o saber e o saber fazer, a consciência e a projetualidade sobre o tema das vulnerabilidades sociais, abrangendo todas ou ao menos muitas das realidades de pobreza, risco e exclusão, que desenvolvem ou fortificam formas de vulnerabilidade no Brasil. O estudo, a experiência e o confronto social progrediram a ponto de transformar não somente a percepção, a linguagem e até mesmo o identikit da pessoa “vulnerável”, mas realizaram conquistas em tema de políticas públicas, de orçamento e até de legislação. Atualmente, o Brasil desenvolve o SUAS – Sistema Único da Assistência Social – como forma de qualificação e abrangência dos serviços, mas também estratégia de eficiência, seja em nível nacional, como, espera-se, em nível micro, contextualizado, local e regional.

Carmem Lussi e Roberto Marinuci

Clique aqui para ler o artigo completo em Português

Pular para o conteúdo