15 de junho de 2016

 O estudo enquadra-se no âmbito da Campanha de Combate ao Trafico de Órgãos e Seres Humanos em Mocambique que a Comissão Episcopal para Migrantes, Refugiados e Deslocados (CEMIRDE) vem organizando.

Opresente estudo enquadra-se no âmbito da Campanha de Combate aoTrafico de Órgãos e Seres Humanos em Mocambique que a Comissão Episcopal para Migrantes, Refugiados e Deslocados (CEMIRDE) vem organizando. O livro que aqui apresentamos é resultado de uma parceria entre a CEMIRDE, Organismo da Conferência Episcopal de Moçambique (CEM), e a Agência Católica para o Desenvolvimento Internacional (CAFOD). A CEMIRDE tem como principal missão marcar presença junto da população em movimento, na assistência humana, espiritual, pastoral, legal e, quando possível, material, ajudando‐a para que seja protagonista de sua história e contribua para a criação de uma sociedade mais justa, humana e fraterna.

O objectivo do estudo consiste em adquirir um maior conhecimento e compreensão sobre o tráfico de órgãos e partes do corpo humano, indicar os principais factores que contribuem para a ocorrência do fenómeno, a fim de identificar estratégias mais adequadas para o seu combate nas comunidades locais e outras instituições provedoras de serviços essenciais, nas três Províncias da região sul de Moçambique, Maputo, Gaza e Inhambane. A partir dos resultados do estudo, a CEMIRDE, em parceria com a CAFOD, tenciona realizar actividades formativas de sensibilização junto da população local. Pretende ainda, conhecer as Instituições Estatais e da Sociedade Civil comprometidas com o fenómeno, por forma a coordenar trabalhos em parceria e encaminhar possíveis casos que mereçam atenção específica dos diferentes sectores.

Clique aqui para acessar o estudo completo