idi braNos dias de hoje, a Europa se tornou um dos principais pólos de atração das migrações internacionais. Roberto Marinucci

 Nos dias de hoje, a Europa se tornou um dos principais pólos de atração das migrações internacionais. Isso representa uma relativa novidade, levando-se em conta que no final do século XIX e começo do século XX essa região expulsou milhões de cidadãos para as Américas e a Austrália. Mudanças radicais aconteceram, sobretudo a partir do fim da Segunda Guerra mundial. A necessidade da reconstrução e o rápido crescimento econômico favoreceram, por um lado, a migração interna – sobretudo dos países do sul da Europa para aqueles do norte – e, por outro, a realização de políticas de atração de trabalhadores das antigas colônias. Assim, por exemplo, entre 1960 e 1973, o número de estrangeiros na Alemanha passou de 300 mil para mais de 2 milhões.

Roberto Marinucci

Clique aqui para ler o artigo completo em Português