idi braCaminhos e descaminhos da integração

Editorial da resenha nº 64

 Nos últimos meses, dois eventos despertaram o debate em nível internacional sobre o tema da integração ou incorporação de migrantes internacionais nas sociedades de chegada. Na França, em novembro de 2005, ondas de protestos marcaram a reação de migrantes de segunda e terceira geração, pessoas que nasceram no país europeu, mas que continuam a sofrer preconceitos de cunho xenófobo ou etnocêntrico. Nasceram num país que não os reconhece como plenos cidadãos. Em maio de 2006, nos Estados Unidos da América do Norte, no assim chamado “Dia sem migrantes”,milhões de pessoas marcharam pelas ruas de numerosas cidades estadunidenses em protesto contra as propostas da nova lei de estrangeiro.

Editorial da resenha nº 64

Clique aqui para ler o artigo completo em Português