“A derrocada de formas institucionalizadas de racismo – como o apartheid sul-africano ou a segregação racial nos EUA – acoplada à abolição da escravidão, ao amplo processo de descolonização no Sul do mundo e, sobretudo, à quase que generalizada condenação da Shoá, gerou a espraiada sensação de superação definitiva do espetro racial, teórico e prático.

Ano de Publicação: 2018