idi braEm épocas passadas, a livre circulação das pessoas era um fato comum. Mesmo após a formação dos Estados nacionais, territorialmente delimitados, a porosidade das fronteiras permitia, geralmente, a intensa circulação transfronteiriça.

Editorial da Resenha nº 70

Em épocas passadas, a livre circulação das pessoas era um fato comum. Mesmo após a formação dos Estados nacionais, territorialmente delimitados, a porosidade das fronteiras permitia, geralmente, a intensa circulação transfronteiriça. As coisas foram mudando no decorrer do século XX, com maior ou menor intensidade, dependendo dos casos. Nos países do bloco soviético, por exemplo, o fechamento foi radical, enquanto na América Latina mais ameno e gradativo.

Clique aqui para ler o artigo completo em Português

Editorial da Resenha nº 70