Participaçõ do CSEM no evento Cartagena +30, que aconteceu em Brasília.

O Governo do Brasil, por solicitação do ACNUR, aceitou ser o país anfitrião do evento ministerial “Cartagena +30” que ocorreu nos dias 2 e 3 de dezembro de 2014, em Brasília. O evento foi realizado no âmbito da comemoração do 30º Aniversário da Declaração de Cartagena sobre Refugiados de 1984.

“Cartagena +30” propiciou uma plataforma para que os governos, ACNUR, a sociedade civil e outros órgãos internacionais, reflitam sobre os progressos e desafios de proteção que o continente enfrenta atualmente, os vazios existentes no regime contemporâneo de proteção internacional e sobre como abordá-los de forma pragmática, flexível e inovadora.

No encerramento do evento foram aprovados a nova Declaração e o Plano de Ação do Brasil para os refugiados, deslocados e apátridas. Ambos os documentos constituem um marco inovador, pragmático e flexível de cooperação internacional e solidariedade para dar resposta aos objetivos de proteção mediante programas e soluções sustentáveis durante a próxima década nas Américas.

Nesse evento, o CSEM esteve representado por Elizabeth Ruano, quem também representa a instituição no Conselho de Acompanhamento da Sociedade Civil (CASC-Migrante). Para o CSEM, a participação em Cartagena +30 ratifica os objetivos institucionais em defesa dos direitos das pessoas em mobilidade.

Clique aqui para ler a Declaração do Brasil e o Plano de Ação do Brasil