No período de 04 a 06 de dezembro de 2018 aconteceu no Instituto Lumko em Joanesburgo – África do Sul a Conferência “Reconstruindo vidas nas fronteiras: desafios no atendimento junto a migrantes e refugiados”. O evento teve como objetivo refletir sobre boas práticas e os desafios no atendimento a migrantes e refugiados a partir dos resultados das pesquisas realizadas pelo CSEM em três regiões de fronteira: Angola/República Democrática do Congo; Moçambique/ África do Sul, México/Estados Unidos e em 3 Dioceses da Itália.

A mesa de abertura no dia 04/12 contou a presença da Ir. Marlene Wildner (diretora do CSEM), do Bispo Duncan Tsoke (Arquidiocese de Joanesburgo), do Dr. Heinz Detlef Stäps (Diretor da Weltkirche), da Ir. Neusa de Fatima Mariano (Superiora Geral da Congregação das Irmãs Missionários de São Carlos Borromeo) e da Ir. Marivane Chiesa (diretora do Bienvenu Shelter). No primeiro painel do evento Roberto Marinucci, editor-chefe da Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, discorreu sobre os desafios da mobilidade humana internacional na atualidade, seguido da apresentação dos resultados da pesquisa sobre o impacto das migrações no contexto eclesial italiano com a pesquisadora Carmem Lussi e da experiência de trabalho com migrantes e refugiados da Diocese de Rottenburg/Stuttgart com Thomas Broch.

O segundo dia foi dedicado a apresentação dos resultados das pesquisas Moçambique/Africa do Sul e Angola/República Democrática do Congo, conduzidas por Paulo Inglês. Contou-se também com a partilha da Ir. Marivic Garcia Mall acerca dos trabalhos com refugiados vítimas de traumas psicológicos e da Ir. Marivane Chiesa com retornados de Angola. Durante as atividades da Conferência os participantes realizaram visitas a instituições sociais relacionadas ao atendimento de migrantes e refugiados na cidade de Joanesburgo.

O último dia centrou-se na apresentação dos resultados da pesquisa na fronteira México – Estados Unidos, onde Igor Cunha e Nathalia Vince relataram as atividades realizadas pelo Instituto Madre Assunta em Tijuana e a Ir. Ana Sílvia Zamin compartilhou a experiência de trabalho com migrantes vítimas de violência e Crimes pelo SMR Center, na Cidade do México.

A contribuição do evento esteve principalmente no encontro e interlocução entre o âmbito do trabalho de atendimento social e pastoral junto a migrantes e refugiados e o âmbito da pesquisa acadêmica. Os estudos, experiências e os principais debates do Evento serão publicados em 2019 em dois livros, nos dois idiomas da Conferência – em português e em inglês – e estarão disponíveis em versão impressa e também digital, no site do CSEM.

O encerramento do evento resultou na discussão e apresentação do documento final que pode ser acessado em inglês e português.

FINAL DOCUMENT

DOCUMENTO FINAL