Sobre o seminário

Banner-site-700x185-06042016

As migrações internacionais contemporâneas vêm chamando cada vez mais a atenção de diversos segmentos da sociedade. Os fluxos migratórios se apresentam cada vez mais complexos e dinâmicos. Há uma diversificação dos locais de origem e de destino e também das formas de mobilidade humana, que vão além das migrações por motivos econômicos, abarcando os refugiados, deslocados internos e outras categorias de migrantes forçados, apresentando novas realidades e demandas que necessitam de respostas, muitas vezes, urgentes.

Segundo dados das Nações Unidas, mais de 232 milhões de pessoas no mundo seriam migrantes (NAÇÕES UNIDAS, 2013). O ano de 2015 alcançou níveis sem precedentes no que se refere aos deslocamentos por razões de guerras e conflitos. O ano de 2014, por exemplo, totalizou 59.5 milhões de pessoas que se deslocaram em contextos de migrações forçadas, segundo dados do ACNUR. Tem sido possível acompanhar, também pela mídia, o incremento dos fluxos migratórios e os diversos desafios que se colocam em nível de políticas migratórias e, especialmente, de respeito e promoção de direitos humanos. Os desafios da proteção da vida e da dignidade das pessoas e dos grupos humanos em mobilidade interpelam todos os atores sociais, e o mundo acadêmico, em particular.

O Seminário Internacional se propõe a discutir a temática das migrações internacionais na atualidade a partir de uma perspectiva interdisciplinar e de direitos humanos, favorecendo a interação e a troca de experiências e de saberes entre o público presente.

O evento marca também os 10 anos da Revista Científica REMHU – Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, que iniciou suas publicações em 2006 e desde então mantém a regularidade e o rigor científico ao divulgar reflexões, pesquisas e estudos, a partir de abordagem interdisciplinar, tendo alcançado, em 2015, quatro indexações internacionais e a pontuação A2 no Qualis.