Imigração e desamparo nos filhos de dekasseguis

  • Mary Yoko Okamoto Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mequita Filho" - UNESP
  • José Sterza Justo Professor Livre-docente do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - UNESP - Câmpus de Assis.
  • Cizina Célia Fernandes Pereira Resstel Doutoranda - Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Câmpus de Assis.
Palavras-chave: Dekasseguis, filhos, retorno, desamparo

Resumo

O fenômeno do retorno dos dekasseguis  ganhou visibilidade no Brasil, principalmente a partir da crise econômica mundial de 2008, quando passaram a ocorrer retornos em massa de brasileiros. O objetivo da pesquisa foi investigar a experiência migratória dos filhos de dekasseguis que acompanharam seus pais no retorno ao Brasil. Para tanto, foi realizado um estudo de caso com uma menina de treze anos, nascida no Japão e que havia chegado recentemente ao Brasil com seus pais. Os resultados indicam que a infância vivida no Japão produz identificações profundas com a cultura japonesa. Algumas sequer falam o português, se consideram japonesas e se sentem estrangeiras no Brasil. As sensações de estranhamento e o desamparo predominam na experiência desses filhos de dekasseguis.

 

The phenomenon of the return of dekasseguis – migratory flow of Japaneses descendants to Japan – gained visibility in Brazil mainly after the global economic crisis of 2008, when the returns of Brazilians increased. The objective of this research was to investigate the migratory experience of these children of dekasseguis that accompanied his parents on their return to Brazil. Thus, we present a case study with a girl of thirteen, born in Japan and had recently arrived to Brazil with her parents. The results indicate that the childhood experienced in Japan produced deep identifications with Japanese culture; some go as far as not speaking Portuguese, considering themselves Japanese and founding themselves foreigners in Brazil. Feelings of estrangement and helplessness prevail in the experience of these dekassegui children.

Biografia do Autor

Mary Yoko Okamoto, Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mequita Filho" - UNESP
Departamento de Psicologia Clínica. Área: Psicologia Clínica.
José Sterza Justo, Professor Livre-docente do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" - UNESP - Câmpus de Assis.

Professor Livre-docente

Programa de Pós-graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências e Letras de Assis

Cizina Célia Fernandes Pereira Resstel, Doutoranda - Faculdade de Ciências e Letras de Assis - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Câmpus de Assis.
Psicóloga e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Faculdade de Ciências e Letra de Assis - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” –  UNESP - Câmpus de Assis
Publicado
2017-09-12