A- A A+

Notícias

NOTÍCIAS
RELATÓRIOS
EVENTOS
CSEM em foco

Migranti, la psicologa di Msf: ricostruire relazioni e fiducia dopo la sofferenza

idi itaIntervista a Ester Russo, che lavora a Trapani: "Li supportiamo, prima ascoltandoli e poi accompagnandoli per ritrovare soprattutto il valore delle relazioni e la fiducia in loro stessi". Ma c'è anche chi si ammala nei centri: "Restano nel limbo per 2 o 3 anni senza fare nulla e subiscono un deterioramento cognitivo"

COMPARTILHE

Come potrebbe cambiare il Regolamento di Dublino

idi itaProsegue il dibattito sulla riforma di Dublino III. La riunione del Consiglio Europeo di metà dicembre ha confermato che l’Unione è divisa in due: chi per il principio di solidarietà chiede la ripartizione di richiedenti asilo e rifugiati fra tutti i paesi secondo un sistema di quote; e i fautori della linea dura, che invece puntano sull’esternalizzazione delle frontiere e un coinvolgimento dei paesi soltanto finanziario. Francesca Romana Genoviva analizza il percorso verso la riforma del regolamento.

COMPARTILHE

Combates na República Centro-Africana levam 30 mil pessoas a fugir de casa

idi braMSF tratou 13 feridos no hospital da cidade de Paoua, mas relatos de violência sugerem que outras vítimas não conseguiram buscar ajuda médica

COMPARTILHE

Estados Unidos abrem a porta para deportação de 200.000 salvadorenhos

idi braOs imigrantes terão 18 meses para conseguir uma permissão legal ou abandonar o país]

COMPARTILHE

2018, año crucial para los migrantes

idi spaEn este nuevo año, los países miembros de la ONU firmarán un Pacto Mundial para buscar una migración segura, ordenada y regular. Pero, ¿bastará ese acuerdo para que surja una visión positiva hacia los migrantes por parte de las personas y los gobiernos?

COMPARTILHE

Jornada del Migrante: “El forastero es hermano, no competidor”

idi spa

Mons. Juan Antonio Menéndez explicó los 20 puntos que los episcopados han trabajado junto con la Santa Sede para proponer que las Naciones Unidas los incluyan en los pactos internacionales sobre inmigrantes y refugiados que se firmarán a finales del 2018.

COMPARTILHE

Attivista di Amnesty Francia a giudizio per “reato di solidarietà”

idi itaMartine Landry, un’attivista di Amnesty International Francia, sarà giudicata in tribunale a Nizza il prossimo lunedì 8 gennaio. L’accusa è quella di “avere facilitato l’entrata di due minori stranieri irregolari”. Rischia fino a cinque anni di carcere e un’ammenda di 30.000 euro.

COMPARTILHE

Nuove violenze nella Repubblica Centrafricana spingono migliaia di persone verso il Ciad

idi itaL’UNHCR, l’Agenzia ONU per i Rifugiati, sta registrando e aiutando migliaia di nuovi rifugiati in arrivo in Ciad, soprattutto donne e bambini in fuga da un recente riacutizzarsi delle violenze nel nordest della Repubblica Centrafricana.

COMPARTILHE

Projeto de lei que isenta refugiados de taxas para revalidação de diplomas é aprovado em São Paulo

idi braProjeto de Lei No. 557 de 2016 é aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, isentando pessoas refugiadas dos custos relativos a revalidação de diplomas de graduação, mestrado e doutorado no Estado.

COMPARTILHE

As 136 milhões de pessoas deixadas para trás

idi braEssa é a cifra dos que precisam de ajuda de emergência e sofrem em conflitos novos e crônicos pelo mundo

COMPARTILHE

ONG discute desafios para integrar refugiados ao sistema educacional do Brasil

idi braDiferenças linguísticas são uns dos principias desafios enfrentados por crianças refugiadas que frequentam o sistema educacional do Brasil. É o que revela um levantamento preliminar divulgado neste mês pela organização não governamental I Know My Rights (IKMR), responsável pela iniciativa Cidadãs do Mundo.

COMPARTILHE

UNHCR: Prima evacuazione di 162 rifugiati vulnerabili dalla Libia all’Italia

idi itaL’UNHCR, l’Agenzia ONU per i Rifugiati, ha annunciato oggi l’evacuazione di 162 rifugiati altamente vulnerabili dalla Libia all’Italia, tra cui minori non accompagnati e donne tenute prigioniere per lunghi periodi di tempo.

COMPARTILHE

New UN Migration Agency Report Sheds Light on Migrants’ Vulnerabilities to Human Trafficking and Exploitation En Route to Europe

 The report, titled Migrant Vulnerability to Human Trafficking and Exploitation: Evidence from the Central and Eastern Mediterranean Migration Routes, analyses quantitative data on vulnerability factors, as well as personal experiences of abuse, violence, exploitation, and human trafficking collected over the past two years from 16,500 migrants in seven countries.

COMPARTILHE

No Health Protection for Migrant-Women Healthcare Givers

 While the media may be attracted by images of migrants drowning or sold as slaves, another flagrant but lesser-known drama is that of care workers, who are overwhelmingly women, often migrants, and who make a very large contribution to global public health, but are exposed to great health risks themselves with little or no protection, let alone basic labour rights.

COMPARTILHE

Los hombres migran por trabajo; las mujeres, por violencia

idi spaEl principal flujo migratorio proviene de Centroamérica en 94.4% y las principales causas de abandonar el lugar de origen son de naturaleza económica; sin embargo, el 46.6% de las mujeres lo hacen por temor a su integridad física e incluso su vida de permanecer en su país.

COMPARTILHE

Por políticas de EU, niños migrantes se quedan en México

idi spaSe estima que el flujo migratorio como tal no ha cambiado o muy poco, sin embargo, han detectado más niños que se quedan en México por su propia voluntad o porque las autoridades así lo determinan.

COMPARTILHE

IOM Launches MigApp on International Migrants Day

idi euaThe MigApp is IOM’s institutional tool that leverages current technology and the widespread use of mobile telecommunications to bring a secure, objective and user-friendly downloadable app which serves as a one-stop-shop platform where migrants can access current, reliable and practical information and IOM services.

COMPARTILHE

ONU pede adoção de "políticas corretas" para evitar estereótipos a migrantes

idi braEm entrevista à ONU News, representante especial do chefe da ONU, Louise Arbour, considera importante "mudar a narrativa" sobre migrantes, muitas vezes "baseada em estereótipos e má percepção".

COMPARTILHE

Migrar é direito

idi braMovimentos migratórios são inerentes à condição humana. Os contextos sociais e históricos e as histórias de vida que levam as pessoas a deixar seu lar rumo ao desconhecido são os mais variados. 

COMPARTILHE

ÁFRICA: IN CAMMINO PER DIRITTI E LAVORO

idi itaUno studio sulle migrazioni economiche in Africa rivela flussi diretti principalmente verso altri paesi del continente. Dati che capovolgono la narrazione dominante e unilaterale di un fenomeno da sempre esistito e naturale.

COMPARTILHE
NOTÍCIAS

Kenya, legge antiterrorismo: ora ci sono 450 mila rifugiati di troppo

COMPARTILHE

l Security Amendment Act, appena approvato, prevede un limite massimo di 150 mila persone accolte, mentre oggi sono 600 mila, tra cui moltissimi rifugiati dalla Somalia. Preoccupate le organizzazioni per la tutela dei diritti umani

Leia mais...

Mexican sex nightmare traps more women fleeing Central America for U.S. dream

COMPARTILHE

From morning to night, Mexican banda music blares out from the dingy bars in Mexico's southern border city of Tapachula where thousands of Central American women sell sex to fund their dream of reaching the United States.

Leia mais...
BIBLIOTECA

biblioteca

O CSEM possui uma biblioteca especializada em migrações abrangendo em seu acervo aproximadamente 3 mil livros, periódicos e revistas científicas de vários países. 

Para consultar nossa biblioteca online visite o site da biblioteca e pesquise em nosso acervo.Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 9h às 17h


Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook