A- A A+

ESTADÍSTICAS DE MIGRACIÓN LABORAL: MAPEO Y ANÁLISIS EN 5 PAÍSES DE AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE

Entre 2000 a 2010, houve um aumento significativo no Brasil da população de imigrantes chineses e sul-americanos, especialmente bolivianos, colombianos, peruanos e paraguaios. Os dados são de uma publicação da OIT que mapeia e analisa as estatísticas sobre migração laboral de cinco países da América Latina e do Caribe. 

Apesar de existir um predomínio de homens entre os imigrantes que trabalham em todos os países estudados, a pesquisa indica que as mulheres imigrantes são mais propensas a participar do mercado de trabalho do que as mulheres nativas. O Brasil é a exceção: o índice de masculinidade entre os imigrantes trabalhadores é mais alto (200 homens para cada 100 mulheres) do que entre a população brasileira (129 homens para cada 100 mulheres).

O estudo destaca que as mulheres imigrantes sofrem uma desvantagem dupla para se inserir no mercado de trabalho, por causa da discriminação de gênero e contra a condição de imigrante. Elas estão mais expostas ao setor informal, aos baixos salários e a piores condições de trabalho. No mundo todo, a tendência é de que as mulheres imigrantes tenham empregos não regulamentados, como o trabalho doméstico e o trabalho sexual.

A publicação recomenda algumas ações para melhorar a coleta de estatísticas de migração laboral, como a padronização de perguntas sobre idade e sexo dos trabalhadores.

Leia a pesquisa completa.

NOTÍCIAS

Mexico City hotels aim to be eyes and ears against slavery

COMPARTILHE

Hotel rooms can be used to film pornography, where women and children are sexually exploited, or a base for traffickers and their victims

Leia mais...

Inmigrantes, musulmanes y gitanos son los chivos expiatorios de la ultraderecha europea

COMPARTILHE

El último informe del Consejo de Europa alerta de que las ideologías extremistas van en aumento. El racismo se intensifica. Crecen los discursos de odio contra los grupos mas vulnerables, sobre todo en internet. Sus ataques se dirigen a inmigrantes, musulmanes y gitanos. El Consejo de Europa invita a los paises a adoptar leyes que garanticen una verdadera protección contra la discriminación, y critica que los recortes hayan comprometido la lucha contra esas lacras.

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook