A- A A+

SEGIB e OIM lançam o informe geral “Migración y Desarrollo en Iberoamérica”

Foi publicado pela Secretaria Geral Iberoamericana (SEGIB) em parceria com a Organização Internacional para as migrações (OIM) o informe geral do estudo entitulado “Migración y Desarrollo en Iberoamérica”. O CSEM, juntamente com parceiros, colaborou com o texto sobre Migrações e desenvolvimento no Brasil.

Em outubro deste ano, no ato de apresentação do estudo, a Secretária Rebeca Grynspan comentou que a Ibero-américa "não pode ser entendida sem as migrações" e por isso "tem muito o que contribuir ao debate global sobre o tema".

Acesse o arquivo disponibilizado no site da SEBIG aqui. O texto brasileiro consta na página 291 do informe.

Fonte do lançamento do estudo: SEGIB

 

NOTÍCIAS

El número de niños que emigran solos se multiplica por cuatro desde el año 2011, según Unicef

COMPARTILHE

En los dos últimos años se ha detectado a 300.000 niños refugiados y migrantes no acompañados de adultos en 80 países, frente a los 66.000 de 2010-2011. "Estas cifras son inadmisibles. Los niños que viajan solos son los más vulnerables", recuerda el director de Unicef en España, Javier Martos.

Leia mais...

Milano, nel vivo delle prime 5 accoglienze di rifugiati in famiglia

COMPARTILHE

Sono 4 ragazzi e una ragazza titolari di protezione internazionale, dai 19 ai 30 anni, i primi beneficiari del bando comunale che ora sono inseriti in altrettante famiglie del capoluogo lombardo. Ecco i percorsi che stanno portando avanti, spiegati dai referenti della cooperativa sociale Farsi prossimo, ente trait d'union delle persone coinvolte.

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook