A- A A+

O CSEM apoia a Campanha da Cáritas sobre imigração e refúgio

O CSEM, Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios, apoia a Campanha da Cáritas que será lançada na próxima quarta-feira, 27 de Setembro, dedicada à sensibilização e à informação sobre imigração e refúgio.

Na próxima quarta-feira, 27 de setembro de 2017, às 15h, a Cáritas Brasileira lança, no alto do Corcovado, a campanha mundial “Compartilhe a Viagem”, dedicada à sensibilização e à informação sobre imigração e refúgio. O Cristo Redentor, que sempre recebe a todos de braços abertos, foi escolhido para ser o embaixador da campanha por ser um ícone do acolhimento. Assim, com duração de dois anos (2017-2019), o grande objetivo da campanha é promover a “cultura do encontro”, aumentando os espaços e as oportunidades para que os imigrantes e as comunidades locais se encontrem e tenham uma troca de experiências.

A mobilização mundial será alavancada pelo lançamento da campanha no Vaticano, que será feito pelo Papa Francisco, na manhã do mesmo dia, durante a tradicional audiência geral de quarta-feira, quando o pontífice vai acolher imigrantes e ouvir suas histórias de vida. 

 

Campanha Cáritas Compartilhe a viagem

Papa Francisco

“Os migrantes são nossos irmãos e irmãs em busca de uma vida melhor, longe da pobreza, da fome, da exploração e da injusta distribuição dos recursos do planeta, que devem ser compartilhados equitativamente por todos”.

O Papa Francisco dá o exemplo quando fala sobre migração com uma profunda humanidade. As suas palavras e ações mostram o caminho a seguir. Dando o exemplo, o Papa lavou os pés de doze refugiados – muçulmanos, hindus, cristãos coptas e católicos. “Somos todos filhos do mesmo Deus”, disse ele. As lágrimas escorriam pelas faces dos refugiados. Foram bem recebidos. O Papa Francisco esteve em Lampedusa no momento seguinte à morte de centenas de migrantes junto à costa. Levou esperança e consolo. Esteve também na Grécia, regressando com três famílias de refugiados sírios. Juntos, compartilharam refeições em sua casa. Também eles foram bem recebidos.

Na fronteira do México com os Estados Unidos, o Papa Francisco considerou a migração forçada como uma “tragédia humana”. Dirigiu-se a todos os que ajudam os migrantes, como sendo “o coração compreensivo e os pés acompanhantes da Igreja que abre os seus braços e os apoia”.

 

 Clique aqui para acessar o Press Release

 

 

Fonte: Cáritas Brasileira

NOTÍCIAS

Islam. L'Ucoii: "Basta ingiusti sospetti, nelle moschee sermoni in italiano"

COMPARTILHE

La svolta dell'Unione delle Comunità Islamiche Italiane. "Tanti fedeli non capiscono l'arabo, così sarà chiaro che predichiamo il bene e la giustizia"

Leia mais...

388 migrantes murieron en un año intentando llegar a la costa española

COMPARTILHE

"La guerra de fronteras existe. Hay mujeres, personas desaparecidas y familias que las buscan. Salgamos del discurso de criminalización de la migración para construir otro en el que hablemos de personas y ciudadanía en movimiento", ha afirmado la activista de Caminando Fronteras, Helena Maleno.

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook