A- A A+

A vida é feita de encontros: Braços abertos sem medo para acolher

Texto base da 33ª Semana do Migrante 2018: "A vida é feita de encontros: Braços abertos sem medo para acolher", com a elaboração de Carmem Lussi - Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios.

Convocadas pelo Papa Francisco, as instituições da Igreja no Brasil que atuam “para, entre e com migrantes” e refugiados se unem para intensificar os esforços e consolidar ainda mais o compromisso na construção de uma Cultura do Encontro. “O nosso objetivo é promover a “cultura do encontro” motivada pelo Papa Francisco, fazendo crescer os espaços e as oportunidades para que os imigrantes e as comunidades locais possam se reunir, dialogar e passar à ação. Devemos acolher e defender os direitos dos imigrantes e refugiados. Queremos que todos aqueles e aquelas com uma experiência de migração compartilhem a história da sua viagem – desde os próprios imigrantes, até pessoas que vivem em comunidades de onde estes imigrantes saem, por onde passam ou onde chegam e se estabelecem. Mais pessoas vão ouvir e compreender os motivos pelos quais as pessoas migram e as suas razões”.

A vida é feita de encontros e, por isso, embalados pelo tema da 33a Semana do Migrante, nós vamos “de braços abertos sem medo para acolher” e para viver a acolhida. O convite que a 33a Semana do Migrante traz este ano é para ir ao encontro, como gesto natural dos crentes que vivem uma igreja em saída, para abraçar, escutar, apoiar, dar a mão, compartilhar trajetórias, alegrias, dores e fazer-se próximo. Migrantes, refugiados ou moradores da comunidade que nela nasceram ou que dela fazem parte há mais tempo, juntos, podemos ser a nova sociedade que queremos e a Igreja que sonhamos, em convivência onde todos e todas saem de si mesmos e acolhem quem chega. Amar, perdoar, acolher, proteger e promover, uns aos outros e todos com especial carinho e misericórdia pelos migrantes, imigrantes e refugiados que chegam de longe.

Clique aqui para acessar o Texto Base completo

NOTÍCIAS

Can resettlement prevent irregular migration?

COMPARTILHE

Accessible resettlement programmes for refugees in Africa can curb irregular immigration to the West and save lives.

Leia mais...

IMMIGRAZIONE: L’EUROPA RIMANDA IN ITALIA BEN 13.000 PROFUGHI. IL GOVERNO CHIEDA DI RIVEDERE GLI ACCORDI

COMPARTILHE

Le associazioni umanitarie li chiamano dubliners: sono profughi soggetti ai regolamenti seguiti alla prima Convenzione di Dublino del 1990, in base ai quali lo Stato europeo competente per la decisione su una domanda d’asilo è quello in cui il richiedente ha messo piede per primo.

Leia mais...
REDES SOCIAIS

Conheça nossos canais dentro das redes sociais, participe, interaja, queremos ouvir você.

facebook  twitter

Centro Scalabriniano de Estudos Migratórios - CSEM
SRTV/N Edificio Brasília Radio Center
Conj. P - Qd. 702 - Sobrelojas 01/02
CEP: 70719-900 - Brasília - DF / Brasil
Tel/Fax: +55 (61) 3327 0669
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

twitter   facebook